Administradores públicos que permitirem ocupação em áreas de riscos serão punidos