Alto desempenho e profissionalização são essenciais ao futuro do agronegócio