○ Brasileiro está menos endividado mas ainda paga os maiores juros da América Latina