Capacidade brasileira de produção de energia limpa é ressaltada na abertura da Assembleia Geral da ONU