Correntistas ainda não sacaram R$ 7,33 bilhões de valores a receber