Escolas estaduais têm até 31/8 para revisar projetos político-pedagógicos