Inflação perde força em SP, mas alimentos ficam mais caros