IR pode ter correção de 4,5%