Jovens devem ser compensadas por abordagem vexatória