Juiz que chamou Lei Maria da Penha de “diabólica” tenta voltar ao cargo