Líderes mundiais tentam acalmar os mercados antes da abertura das bolsas