MP que reajusta salário mínimo para R$ 1.320, ainda não publicada, provoca tensão no governo