Não há motivo para pânico, diz OMS sobre variante Ômicron do novo coronavírus