O brasileiro precisa ter cautela nos gastos, pois a crise econômica mundial pode se alastrar