Planos de governo ainda não tratam educação como prioridade em suas ações, aponta estudo