Primeiros sinais de Alzheimer são ignorados pela maioria das pessoas, diz neurologista