Relator diz que houve compra de votos e sinaliza condenação de vários réus