Segundo Relatório do PNUD até 2050, 40% da produção global será de Brasil, Índia e China